Aposta da Onimusic, Milena Pina apresenta releitura do sucesso “Mesmo Sem Entender”, de Thalles Roberto

Uma das apostas da distribuidora gospel Onimusic, a cantora Milena Pina iniciou o seu trabalho com a empresa em 2022 com um EP de quatro canções autorais, que teve mais de 100 mil visualizações no canal da cantora no YouTube. Em outubro de 2023, Milena deu início a uma série de releituras de canções que marcaram sua caminhada cristã. A primeira foi da música “Diante da Cruz”, versão do sucesso “At The Cross”, do Hillsong. O lançamento teve mais de 36 mil reproduções só no Spotify, além de ter entrado em duas playlists na plataforma de streaming.

A segunda releitura apresentada pela cantora é “Mesmo Sem Entender”. Conhecida na voz de Thalles Roberto, a canção foi importante para Milena Pinha durante um momento difícil em sua vida: a perda do seu pai para a Covid-19 em 2020. Em novembro de 2021, ela gravou um cover de “Mesmo Sem Entender”, que abriu grandes oportunidades para a jovem que lança agora a música nas plataformas digitais. A produção da faixa ficou nas mãos de Hananiel Eduardo, que já assinou projetos de nomes como Gabriela Rocha, LUDI, Isadora Pompeo, Sarah Beatriz e Rachel Novaes. Hananiel também assina a mixagem, enquanto que a masterização ficou com Luciano Vassão.

– Pra mim “Mesmo Sem Entender” representa uma conversa com Deus que eu precisei repetir diversas vezes (e até hoje preciso), em um dos momentos mais difíceis que passei quando eu estava em luto pelo meu pai. Foi literalmente uma situação repentina que eu não entendi nada, mas fui desafiada a continuar acreditando que mesmo em um cenário de dor e conflito, era necessário confiar em Deus e que Ele ainda tinha planos pra minha vida – compartilha a cantora, que foi dirigida por Flauzilino Jr. no clipe da canção.

Com mais de 25 mil ouvintes mensais no Spotify e mais de 200 mil visualizações no YouTube, Milena Pinha avisa que os lançamentos deste ano são apenas uma prévia de muita coisa que está por vir. Uma de suas principais características é a sua criatividade, então a jovem está sempre incorporando arte e adoração em seus trabalhos.

– Nossos dons e talentos quando servidos para o reino, nunca voltam vazios. Sempre será sobre ser um canal para Deus agir através de nós, por isso aguardem com expectativa no Senhor. Com certeza pretendo trazer canções autorais, inclusive, nesses próximos lançamentos teremos uma música autoral que está incrível, nada igual como vocês têm visto. E, pra ser sincera, é uma das autorais que eu mais guardei pra mim, esperando o momento certo – finaliza Milena.

Ouça a releitura de “Mesmo Sem Entender”, de Milena Pina, nas plataformas digitais:
https://onilnk.com/l/MilenaPina_MesmoSemEntender

Assista ao clipe de “Mesmo Sem Entender”, de Milena Pina, no YouTube:

Compartilhe:

Palankin apresenta “A Voz do Rei”, primeira música de trabalho do projeto “Adorando com Palankin”

Produção distribuída pela Onimusic foi gravada ao vivo na casa dos artistas

Conhecida por seu rock eletrizante e letras reflexivas, como visto nas canções “Pulsante”, “As Sepulturas se Abrirão”, “Bonecos de Plástico”, “Corre, João, Corre”, “Alice” e “Masmorra”, e também por um estilo mais voltado para a adoração nas igrejas, como “Dance em Nosso Meio”, “Teu Toque” e “Yeshua”, a banda Palankin, formada pelo casal Ana Rock e Tiago Andrade, apresenta uma nova era em sua carreira.

Com distribuição pela Onimusic, o duo lança o single “A Voz do Rei”. A música gravada ao vivo é a primeira do projeto “Adorando com Palankin”, que nasceu durante a gestação de Chloé, filha caçula do casal que também são pais de Benjamin.

– Esse projeto começou uma nova vertente dentro do Palankin que é de adoração. É focado em adoração comunitária, adoração local. A gente pensa em continuar no rock, mas a gente começou agora esse novo braço. Queríamos fazer algo que deixasse um legado de adoração para os nossos filhos pensando na igreja dos meus filhos, na igreja do amanhã e em discipular em adoração essas pessoas que vieram através do rock do Palankin porque entendemos que adoração não é um estilo musical, adoração é entrega, é um modo de vida e mostra como lidamos com o dia a dia em relação a Deus – explica Ana Rock.

Com produção de Everson Menezes, o projeto traz sete faixas, sendo quatro autorais e três versões. 

– Nossos critérios para montar o repertório foram a facilidade da comunicação da mensagem, ser uma música que as pessoas vão conseguir cantar juntas e que os mais velhos e mais novos vão entender e vão poder cantar. E sempre focando na mensagem do Evangelho, em avivamento, arrependimento e transformação – resume a artista.

O projeto “Adorando com Palankin” foi todo gravado no lar do casal, em Itu, no interior de São Paulo, e contou com dois corais e toda a direção de vídeo foi feita pela equipe da Multiforme Filmes. Ana explica que o intuito de fazer tudo em casa foi uma forma de abrir e mostrar a intimidade da banda e que a adoração é algo que vai além dos palcos e dos púlpitos.

– A gente queria que fosse uma coisa mais íntima realmente e abrir para as pessoas. Foram dois corais formados por quase 40 pessoas que tiveram uma história com a banda e foram a cereja do bolo. Foi super especial trazer essa ideia de simplicidade, unidade e dentro de casa – disse a vocalista.

Sobre a canção “A Voz do Rei”, ela foi escrita por Ana Rock com a ajuda de Isaias Saad. Inicialmente, o cantor faria uma participação na faixa, mas a gravação coincidiu com o nascimento de seu primeiro filho, Joah, fruto do casamento de Saad com Vitória Eisfeld.

– A gente já tinha os versos de “A Voz do Rei” e aí um dia o Isaias Saad estava aqui em casa e queríamos compor alguma coisa juntos. Ele cantarolou a melodia do pré-refrão, me ajudou a escrever essa canção e dessa amizade nasceu “A Voz do Rei”, que mostra que o Deus Todo Poderoso é um Deus pessoal. Ele me formou e me chamou, mesmo sendo como somos, e isso nos leva à adoração e ao quebrantamento – revela Ana Rock.

“A Voz do Rei” está disponível em todas as plataformas digitais e no canal do Palankin no YouTube. No dia 07 de novembro chega a segunda faixa do projeto “Adorando com Palankin”: a canção “Seu Nome é Jesus”, que é uma versão de “His Name is Jesus”, de Jeremy Riddle. 

Ouça a canção “A Voz do Rei (Ao Vivo)”, do Palankin, nas plataformas digitais: 

https://onilnk.com/l/Palankin_AVozdoReiAoVivo 

 

Assista ao clipe da canção “A Voz do Rei (Ao Vivo)”, do Palankin, no YouTube: 

 

Compartilhe:

Sucesso em espanhol ganha versão oficial nas vozes de Mari Borges e Aline Barros

“Jesucristo Basta”, hit do grupo Un Corazón, soma mais de 300 milhões de views

 

É perceptível que Mari Borges está vivendo um dos melhores momentos de sua trajetória. Além da agenda movimentada, com eventos e ministrações pelo Brasil, a cantora – que vem se revelando como uma das mais promissoras da nova geração gospel – acaba de apresentar ao público o primeiro single de seu novo projeto: “Jesus Cristo Basta”, gravado originalmente pela banda mexicana Un Corazón.

Para se ter ideia, o hit em espanhol soma números surpreendentes, tendo mais de 300 milhões de visualizações no YouTube e cerca de 90 milhões de streams nas plataformas de áudio. A composição cristocêntrica – que foi escrita pelo líder do grupo, Steven Richards, e sua esposa, Edith Lluvany – fala sobre a suficiência que encontramos em Jesus e como fomos alcançados por Seu grande amor.

Agora, Mari Borges apresenta a versão oficial em português desta canção e, para torná-la ainda mais especial, convidou uma das maiores referências quando se pensa em música gospel: Aline Barros. “Desde pequena eu fui abençoada pelo ministério dela. Quem conhece a minha história, sabe que eu venho de uma família muito simples, do interior de Minas Gerais, e nunca imaginei que seria possível gravar com ela algum dia”, declarou Mari, emocionada.

Aline Barros – que tem mais de trinta anos de ministério e diversas faixas conhecidas, como “Jeová Jireh”, “Ressuscita-me” e “Sonda-me, Usa-me” – prontamente aceitou o convite. “Estou muito feliz por somar forças junto com a Mari para levarmos a mensagem do evangelho. Essa canção que nós gravamos tocou meu coração e tenho certeza que vai impactar aqueles que conferirem”, celebrou.

A gravação ao vivo foi realizada em junho e contou com a presença de mais de mil pessoas, que estão aguardando ansiosamente por cada lançamento. Além de “Jesus Cristo Basta”, o projeto é composto por outras cinco faixas, que serão apresentadas em breve, sendo uma delas com a participação de Bruna Karla.

Vale lembrar que Mari Borges iniciou sua parceria com a gravadora Musile Records na reta final de 2020 e vem se destacando em cada trabalho. Em 2022, a cantora finalizou o lançamento do EP “Minha Canção”, que teve ao todo seis faixas, entre elas, “Outro na Fornalha”, com Sarah Beatriz, e “Fenda da Rocha”, com Julliany Souza e Léo Brandão. Em 2023, enquanto cuidava da pré-produção do novo projeto, apresentou a releitura de “Tá Chorando Por Quê?” – canção que, inclusive, foi cantada por ela em rede nacional recentemente durante o Programa Eliana, exibido pelo SBT.

“Jesus Cristo Basta” teve a produção musical assinada por Rui Samuel e Direção de Vídeo por Flauzilino Jr. A canção já está disponível no canal do YouTube da Musile Records e nas principais plataformas de streaming.

Assista “Mari Borges e Aline Barros – Jesus Cristo Basta”:

Fonte: Assessoria de Imprensa Musile Records

Compartilhe:

Paulo César Baruk tem colaboração de Marcela Taís na bela interpretação de “Troco”

Uma canção levando paz com a força da Palavra de Deus

Em tempos de contextos tão estressantes, “paz” e “leveza” assumem significados ainda mais fortes. A canção autoral que Paulo César Baruk lança pela Uni Records traz uma mensagem que contempla o sentido profundo dessas duas palavras. E é na união de duas grandes vozes da adoração no Brasil que a música “Troco” ganha vida. A rica interpretação de Paulo César Baruk e Marcela Taís tocam os corações com uma das poderosas verdades da Palavra de Deus.

A canção “Troco” nasceu em meados de 2020, ainda no período crítico da pandemia. Paulo César Baruk se reuniu com a banda em um sítio, para um tempo de oração, de conversa e reflexão. Em meio a outras canções que surgiram naqueles dias, veio a inspiração para “Troco”. Baruk lembra que, em uma daquelas manhãs, ele acordara bem cedo e passeava pelos jardins da propriedade. Com o coração sensível, ele observava tudo ao seu redor reconhecendo as belezas de toda a criação do Senhor: “Olhando para as flores, o céu, as nuvens… fui tomado por uma devoção que reconhecia a grandeza do Deus que cria coisas tão lindas, que propõe que eu, um ser tão limitado que sou, troque as minhas angústias e preocupações pela paz que Ele pode oferecer, a paz que me convida pela beleza de tudo o que Ele criou e cria, e de tudo o que Ele fez e continua fazendo por nós.”

O cantor conta que a escolha desta canção para fazer parte do projeto “Louvor à Luz da Lua” tem tudo a ver com a sua facilidade de adaptação, por já possuir uma estética musical dentro da linguagem do projeto de praia, com poucos instrumentos e um som mais acústico. A letra desta música traz uma mensagem que, associada à beleza e sensibilidade da melodia, alcança intensamente o íntimo de cada ouvinte, promovendo paz e leveza interior.

Como Baruk explica, a canção “Troco” expressa a rendição de um coração que por tantas vezes é vaidoso e orgulhoso demais para reconhecer que precisa de ajuda. Ele diz que, ao cantar “eu troco meu cansaço por sua paz”, está declarando a realidade da própria vida mais do que a de qualquer outra pessoa: “Em resposta ao convite de Jesus, sou eu dizendo diante dEle, ‘sim, eu preciso trocar este peso insuportável sob meus ombros pela paz que o Senhor tem para me dar’. Esta música toca o meu coração com o total respaldo da Palavra do Senhor, a Bíblia Sagrada, no texto de Mateus 11.28: ‘Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.”

Algo especialmente interessante na letra da canção é a frase “troco porque li a sua voz” e não “troco porque ouvi a sua voz”. Baruk revela que ele foi intencional na troca desses verbos, para gerar a interpretação de que “eu finalmente encontrei descanso para o meu coração ao ler e imaginar a voz de Jesus por intermédio do que eu li no texto”.

A participação de Marcela Taís, reconhecidamente uma das vozes mais doces do cenário musical gospel, abrilhantou ainda mais esta canção. A cantora já havia participado com Baruk na faixa “Ele continua sendo bom”, e já cantara com ele em um projeto dela, deixando-o muito honrado. O cantor e compositor queria este single com uma voz feminina, que soasse de forma sussurrada, mas que ao mesmo tempo fosse muito potente e sensível, sendo cantada uma oitava acima da sua. Ao criar esses critérios, o nome de Marcela Taís foi o primeiro que lhe veio à mente: “Fico muito feliz pela participação da Marcela Taís, que tornou a música ainda mais bonita; certamente, esta canção alcançará muito mais pessoas pela beleza e doçura da sua voz. Além de ser uma amiga muito querida, cada reencontro com ela é sempre muito bom. Marcela esteve conosco no set de gravação em Vila Velha (ES) e, mais uma vez, somou e cooperou conosco. O meu desejo é que outras tantas parcerias possam acontecer.”

Ele acrescenta dizendo que Marcela Taís “é uma poetisa e tem muita sensibilidade. Assim como no convite da música ‘Ele continua sendo bom’, ela me disse que: ‘esta canção faz muito sentido para este momento” e assim foi com a música ‘Troco’, ela aceitou e foi muito generosa com seus comentários a respeito da composição”.

A expectativa para os próximos lançamentos é que eles continuem “sendo abraçados e acolhidos por todos que vêm compartilhando o projeto e as faixas com tanta generosidade, que entenderam esta proposta um tanto diferente do cenário gospel brasileiro. Acredito que as outras canções do projeto ‘Louvor à Luz da Lua’ também surpreenderão este nosso público tão querido”.

Gravar descalço não estava programado, foi algo que o cantor decidiu na hora e que significou muito para ele ao representar o quanto estava à vontade naquele ambiente. Ele recebeu muito carinho de todos que ali estiveram e que o apoiou unanimemente para gravasse “de pés no chão”. Ele acredita que “esta coisa mais informal” combinou muito bem com o projeto em si.

Que ao ouvir a canção ‘Troco’ e assistir ao seu clipe, você considere as palavras de Jesus e leve a sério a proposta que Ele está lhe fazendo. Jesus Cristo afirma que está disposto a trocar todo o peso que há em nós pela leveza que somente Ele é capaz de produzir em nosso coração. Diante da generosidade deste convite e da grandeza dessa proposta, pode até parecer que ela não é real, mas acredite que ela é sim verdade absoluta, pois o seu Autor é Jesus Cristo, o Filho do Deus vivo. A nossa hora de decisão é agora, não sabemos se haverá o depois. Então, entregue sua vida a Jesus e decida pelo ‘sim’ ao convite que Ele está lhe fazendo, troque seu fardo pesado pelo fardo leve que Ele tem para lhe oferecer. Firmado nas palavras verdadeiras de Jesus e no amor que Ele tem por você, tome a sua decisão. Ao aceitar essa proposta do Filho de Deus e todas as Suas palavras, você está tomando uma atitude de amor por sua própria vida. Deus abençoe a todos.” (Paulo César Baruk)

Assista ao videoclipe da canção “Troco”:

Ouça a canção “Troco” via streaming. Aproveite para adicionar as canções de Paulo César Baruk à sua playlist: http://ada.lnk.to/TrocoPauloCesarBarukeMarcelaTais

Siga o cantor Paulo César Baruk nas Redes Sociais!
Instagram: https://www.instagram.com/pcbaruk
Facebook: https://www.facebook.com/pcbaruk
Twitter: https://twitter.com/pcbaruk

Acompanhe a Uni Records nas Redes Sociais!
Site: www.unirecords.com.br
Instagram: www.instagram.com/unirecordsoficial
Facebook: www.facebook.com/unirecordsoficial
YouTube: www.youtube.com/c/UniRecords

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Uni Records
anacostacomunicacao@gmail.com

Compartilhe:

Izabela Ryos declara “Esse Nome Tem Poder”, seu novo single pela Graça Music

Com estilo autêntico, a jovem Izabela Ryos que há mais de 2 anos integra o cast da Graça Music conquista a cada single um público crescente com louvores edificantes e mensagens de fé. Seus lançamentos recentes contabilizam mais de 1.5 views no YouTube e neste ano (2023), a cantora deu início ao seu novo projeto.

Composto por 10 faixas, o novo projeto da cantora, está em seu quarto lançamento. O álbum traz o R&B e o Worship, aliados a música de adoração, com mensagens profundas resultantes de devocionais e passagens bíblicas que prometem aquecer os corações e restaurar famílias e ministérios.

Com toda a unicidade do R&B, a canção traz uma mensagem que enfatiza a majestade de Deus e sua totalidade sobre todas as coisas. A cantora compartilhou sobre a emoção sentida ao receber a composição, “Essa canção foi criada de uma forma muito diferente, em um momento de devocional e busca por mais do Espírito Santo. Os compositores estavam reunidos, e no momento em que oravam a letra foi sendo criada de maneira espontânea! Fiquei totalmente emocionada e tocadas quando recebi essa canção, senti fortemente a presença de Deus ali!”, pontuou.

Izabela Ryos, natural de São José dos Campos (SP), nascida e criada em família de músicos cristãos, ela seguiu os mesmos passos. Aos 3 anos, cantou pela primeira vez em uma igreja no interior de São Paulo, em sequência com o passar dos anos seu ministério se expandiu para outras igrejas, congressos e festivais locais. Em 2017 a jovem se lançou de fato no mercado fonográfico ao participar do Festival W. Music, em sua cidade natal, onde foi vencedora. No ano de 2019, a jovem gravou seu primeiro CD nomeado “Minha Poesia” que contém oito faixas autorais. Descoberta através das redes sociais pelo produtor Carlinhos GerD e apresentada ao missionário R.R Soares, após participar de uma live, após sucesso da transmissão, Izabela foi convidada a integrar o cast oficial da gravadora Graça Music.

Ouça “Esse Nome Tem Poder” em sua plataforma de música preferida: http://digital.gracamusic.com.br/izabelaryos/

Assista ao clipe no YouTube:

Comunicação e Imprensa: Agência Infinit

Compartilhe: